Natal Luz de Gramado, um sonho.




Esse não é um post de dicas do Natal Luz de Gramado, mas apenas para narrar meu encantamento com os momentos maravilhosos que a cidade proporcionou. 

Aqui do lado, pertinho de casa, mas vamos deixando, deixando e nem sempre entra em nosso roteiro. A vantagem é que, em sendo perto, dá para dar um pulinho, curtir as atrações, luzes e decoração belíssima por algumas horas e regressar, como fizemos. Já pelas estradas as hortênsias avisam que é primavera e que o Papai Noel fujão veio curtir dias por essas bandas tropicais. 



Em Porto Alegre não existe clima e decoração natalina, nadinha. Todos correm já pensando nas praias, no veraneio e em quando a cidade será deixada abandonada (ou quase). Quem deseja encantamento, foge para a Serra Gaúcha. 

Ontem passamos algumas horas por lá, para apenas curtir o clima, sem agendamentos. Não compramos ingressos para as atrações, escolhemos caminhar, fazer comprinhas, sentar na Velha Bruxa e espiar a vida, deixar o tempo correr solto. Hum, chocolate quente no inverno e geladíssimo no verão, sempre.




Gramado está absolutamente decorada para o Natal. Pinheirinhos de todos os tamanhos, materiais e cores. Laços e laçarotes. 






Bonecos de neve, soldadinhos e renas. 




Pelas ruas e lojas o que se vê são Noéis e mais Noéis. E a vontade de levar todos para a casa?






Árvores decoradas, prontinhas. 





Corais cantam e encantam. 



A Catedral absolutamente iluminada, dia e noite. 






Escolhemos participar do evento aberto e diário, que é o Acendimento das Luzes. 



Gramado se ilumina às 20h30min, pontualmente. Todas as luzes natalinas são acesas e é puro deslumbramento. Para marcar o momento, junto a fachada do Palácio dos Festival (onde ocorre o Festival de Cinema de Gramado, no inverno), há uma pequena encenação que convida a uma interatividade do público com o ato de acender das luzes. 



Bonecos, Papai Noel, música, cores e neve. Sim, neva em Gramado, para delírio das crianças e alegria e descontração dos adultos. 


video



E as luzes? 



Bom, hora para colocar as pernas para funcionar e ir caminhar, se divertir e fotografar a cidade. Se a fome tivesse batido, ainda daria tempo de aproveitar uma das centenas de opções entre galeterias, cafés coloniais, fondues e pizzarias da cidade, mas não foi o caso. 

O que colocamos na bagagem? Além de algumas comprinhas, cores, luzes, encantamento e muitas imagens.






Alguns quilômetros e estávamos em casa, encantadas, felizes e desejando sonhar com o Natal. 



_____

Tenho um post de dicas gerais sobre o Natal Luz, respostas para aquelas perguntinhas básicas sobre temperatura, transporte e outros - aqui.

Não sou uma expert em Serra Gaúcha, mas reuni algumas postagens com dicas de restaurantes, hotéis e passeios - Aldeia do Papai Noel, Mini Mundo e outros: aqui.

Há muitos blogueiros que publicam sobre a Serra Gaúcha e com muitas dicas do Natal Luz. Quem indicar? Sempre uma decisão difícil. Escolho os blogs Café Viagem da Alexandra Aranovich e o Viagens que sonhamos, da Fran Agnoletto. 

Para quem está vindo e tem muitas dúvidas, precisa de muitas dicas ou quer ter para quem fazer todos os tipos de perguntinhas sobre Gramado - Natal Luz e Canela - Sonho de Natal, o melhor é solicitar entrada no grupo fechado do facebbok, Viajando para Gramado e Canela. 

O site com a programação do evento, aqui.




Nenhum comentário

Para o Topo