Por duas vezes me deliciei com os pratos que saltam da cozinha de Rafael Caldeira, em Bento Gonçalves. Asseguro, não mais retornarei à cidade sem reservar algumas horas para curtir o ambiente, bater papo com os amigos e provar as delicias oferecidas ali. 


O Caldeira foge um pouco da linha colônia italiana que logo pensamos quando falamos em Serra Gaúcha, pois é moderno, decorado de forma despojada, com um cardápio que em nada lembra as galeterias e cafés coloniais tão famosos no entorno. Sabem onde ele mostra que é cria da região? No clima de aconchego e cuidado com que todos são recebidos, nos cuidados com o preparo dos pratos e a abordagem no oferecimento dos vinhos, espumantes e cervejas. 


Cada cliente é recebido com pessoalidade, explicam os pratos que constam do cardápio e a harmonização que melhor encaixa de acordo com os elementos a serem servidos e aquilo que indicamos como sendo mais do nosso gosto. Quebram regras, adequam possibilidades e no final o papo rola solto e saímos de lá felizes, como deve ser. 

Rafael e sua equipe recebem com desenvoltura e alegria, quando percebemos o prazer de fazerem o que fazem. A sommelier quebra o gelo das tão conhecidas regras e imposições, dá um sentido legal para as harmonizações propostas e nos deixa super à vontade na hora da escolha. Para completar, o pessoal da cozinha bate um bolão e amo parabenizá-los, pessoalmente, pelos pratos - não tem como partir sem agradecer o cuidado e a gama de sabores maravilhosos. 


Bom, mas como sou repetitiva, nem ficarei dissertando sobre o cardápio, pois já tenho meus pratos prediletos - e quem me conhece sabe o quanto sei ser repetitiva! 



Pães ou bruschetas, para dar inicio aos trabalhos, enquanto o assunto esquenta. Depois, uma salada da casa para preparar o paladar para a estrela da noite. 



Ossobuco. Guardem esse nome, pois o caldeira serve o melhor ossobuco que tive oportunidade de provar. Molho encarnado, como diria minha avó, com aromas e sabores de ervas frescas, acompanhado de polenta mole (cremosa), borbulhantes e servidos em panelas de ferro. 


Perdoem a expressão interiorana, mas é de lamber os beiços, literalmente. 



O que mais posso dizer? Por favor, um cabernet, sauvignon ou franc, para acompanhar. Tim-Tim. 

Ops, não posso esquecer das sobremesas, claro. Experimentei duas e não conseguiria determinar uma delas como a preferida. A pêra ao moscatel com sorvete de uva é muito delicada e repleta de sabores, enquanto o sagú com creme me remete para aquele clima bem colônia italiana das antigas cozinhas da Serra Gaúcha. 


Se recomendo? Nem disfarcei, recomendo de A a Z. 

**** os preços constantes do cardápio são os da data da visita, que foram ou serão alterados, a qualquer momento. 

Informações e reservas: Caldeira Restaurante Bar





No auge da imigração italiana na Serra Gaúcha um francês se estabelece em Caxias do Sul e, de herança para a cidade e para todos os apaixonados por história, deixa as mais antigas casas de pedra da região. Preservadas ao longo dos séculos as Casas Bonnet, originalmente de uma família francesa, contam uma parte da história da imigração italiana na Serra Gaúcha e o empreendimento oferece aos turistas horas de experiências deliciosas. 


Hoje integra a conhecida Estrada do Imigrante, conjunto de estabelecimentos turísticos distribuídos na 3ª Légua de Caxias do Sul. Atualmente é de propriedade da Família Tonietto, que administra o local com muita simpatia. 


As casas construídas em 1877 e 1879 são os primeiros atrativos do local. Ambas em pedras, são as mais antigas da região e se encontram perfeitamente preservadas. Distribuídos pelas instalações temos um museu de objetos do cotidiano, outro de utensílios e maquinários de trabalho no campo e adega. Permeando isso uma agenda festiva oferecida pelos proprietários, mediante agendamento, que conta com passeio de Carretão, almoço tipico italiano e apresentação teatro musical. 


Não chegue sem ter agendado, pois é provável que encontres a casa fechada ou atendendo grupos, pois são contratados para casamentos, aniversários e formaturas. 

Os visitantes são recepcionados por integrantes da família trajados a caráter, sempre com uma merendinha tipica, antes de desfiarem histórias dos antepassados, das casas e da região. 


O ideal é a contratação do serviços completo, com o passeio de Carretão e almoço, quando se pode viver por algumas horas um tanto das histórias da imigração italiana como passear por lindas paisagens. Os agendamentos são para pequenos grupos, mas casais e pessoas desacompanhadas podem tentar ser incluídas em grupos agendados. Não deixe de ligar e conferir. 




O passeio de Carretão dura pouco mais de meia hora, percorrendo um trajeto por estreitas estradas de terra em meio às propriedades locais e vastos parreirais. Na época da vindima, entre janeiro e março, ainda proporciona a beleza das frutas colorindo os caminhos. 


Do passeio de carretão para uma visita aos pequenos museus mantidos na propriedade, repletos de objetos que contam muito da histórias das famílias da região. Ideal para muitas e muitas fotos, e mais ainda para relembrarmos a utilidade de objetos que estão guardados em nossas lembranças das histórias que nossos avós contavam. 




E como toda boa visita a uma família italiana, ela desemboca na farta mesa e na boa música. O almoço tipico italiano é servido no amplo salão da casa centenária, regado com vinho e licores especiais. E, entre uma garfada e outra, que tal uma pausa para muita música e gargalhadas?









Não dá para contar todos os segredos da programação, mas posso afirmar que o teatro musical oferecido pela família Tonietto é muito divertido. 


O meu dia curtindo as delicias oferecidas pelas Casas Bonnet, num grupo maravilhoso do Intercity Escapes, ficou guardado com muito carinho pelas experiências e pela diversão. 


Não esqueça, o atendimento se dá mediante agendamento: 

casasbonnet@hotmail.com ou 54.30268410. 
Estrada do Imigrante, s/nº - São Luiz, 3º Légua - Caxias do Sul. 


....


A Mochilinha Gaúcha ama perambular por São Paulo e ir descobrindo novos cantinhos, restaurantes e bares, aproveitando a mega diversidade que a cidade oferece para os locais e, especialmente, para turistas curiosos. E, como boa gaúcha, ir saltando de mesa em mesa, de bar em bar, é sempre um dos grandes prazeres. 

E quando o lugar, além de gostoso e cheio de delicias, é ponto de encontro de amigos? Bora conhecer umas de minhas paixões em Sampa? 


O Frank & Charles Sandwich Bar + Café está situado no aprazível bairro de Higienópolis, em casa com mesinhas num deck frontal, numa rua arborizada e em frente a FAAP. 


Irmão caçulinha da famosa hamburgueria Frank & Charles, do qual é vizinho, traz no cardápio opções diferentes e bem variadas, para qualquer hora do dia. E nem só de sanduíches vive a casa, sob o comando do Chef Marcelo Campos. 



São três opções de menú, uma para cada hora do dia. 

Combos para o café da manhã, com cafés e sucos que podem se fazer acompanhar do famoso pão na chapa paulistano, passando por panquecas e pães de queijo. Imaginem a delicia que é o pão de queijo com queijo Canastra, quase indescritível de tão gostoso.  


Ao final da manhã, até às 15h, desaparecem os itens do café-da-manhã e passam a desfilar pelas mesinhas duas opções de pratos para o almoço. Opções cheias de cor e sabor, como pude degustar em algumas das diversas vezes que andei curtindo o entorno a partir de uma das mesinhas do deck. Como estou passeando, sempre prefiro as mesinhas com vista para a rua, para o movimento da cidade. 

E se eu não curto almoçar, quero só degustar um lanchinho? São muitas opções de lanches rápidos, como pães de queijo recheados, tostex ou um delicioso croissant. 


Bom, mas minhas horas preferidas dos dias são a partir do final das tardes, quando o vai-e-vem de pedestres se multiplica, quando as carinhas sisudas começam a dar lugar a descontração de um final de dia e é happy hour. Minhas experiências mais intensas no Frank & Charles Sandwich se deram a partir do anoitecer. 


Vai um Pilsen ou um  Ipa, aí? Não, seu gosto pede um drink? Um refrigerante bem geladinho, com limão espremido e um gelinho? Tem para todos os gostos. 



Garanto que o Pilsen é leve e sempre servido na temperatura exata, para o deleite dos apreciadores. O Ipa, dizem ser delicioso, mas um pouco concentrado para uma quase abstêmia, como eu. 


Mas são muitas as estrelas que permeiam o cardápio da casa. E quando falo em estrelas, me refiro inclusive as opções super premiadas, como o gordy the pig, o meu preferido: barriga de porco, com geléia de bacon e maionese de pimenta sriracha. 


Nunca comece pelo sandwich, faço essa obervação para todos os amigos aos quais indico a casa. Peça um entradinha deliciosa e que está lá discreta, em meio as demais opções: meat ball com creme de limão siciliano - bolinhas de carne perfumadas. 


Outro que gostei foi o sanduíche de pastrami, bem condimentado e acompanhado de mostarda Dijon e picles. 


E para aqueles, que como eu, se jogam nas doçuras, brigadeiros variados ou o lindinho e exibido Banoffee, servido em uma taça repleta doce-de-leite, bananas, chantilly e praliné de nozes. 

As delicias se multiplicam. 



Pronto, agora que já ensinei como sair rolando de um lugar delicioso, digo que o melhor e ir e retornar sempre, para ir se deliciando aos poucos e curtindo com os amigos, pois aquelas mesinhas adoram ouvir muitas histórias. 



Informações: 

Rua Alagoas, 852 - Higienópolis, São Paulo. 

Horários e cardápio, diretamente na fanpage  Frank & Charles

Para o Topo