Giotto Hotel & Spa, em Assisi, Itália.




A mudança tardia em nosso roteiro pela Itália, quando substitui a estada em Capalbio por Assis, quase nos deixou sem hospedagem. Não havia percebido mas, na última hora, tentava reservar hotel para um domingo de Páscoa, numa cidade de peregrinação católica. 

Olha daqui, espia dalí e eis que surge Giotto Hotel & Spa, simpático e bem localizado. Seria ele nossa casa em Assis. 


Está situado no que chamam de bairro medieval, dentro dos limites da cidade murada, a apenas 200 metros da Basílica de São Francisco. 

Chegamos num dia de extremo movimento, com as ruas tomadas de peregrinos e, por isso, resolvemos não disputar espaço com as pessoas e deixamos o carro no estacionamento público existente na parte externa das muralhas. O hotel oferece estacionamento, mas achamos que não compensaria o estresse de atravessar parte da cidade, disputando as ruas com as famílias que se divertiam naquele domingo. Decisão acertada, o caminho é curto e a subidinha foi tranquila. 


O atendimento foi espetacular e célere, rapidamente estávamos instaladas numa pequena e simpática suite, com vista do vale. 


Quando digo pequena é pequena, mesmo. Espaços diminutos, mas bem higienizados e com uma decoração suave - reservando com antecedência, acredito que haja melhores opções. O que menos fizemos foi ficar na suite, pois aproveitamos muito a cidade e as demais dependências do hotel. 




Sorte que deixamos as malas no carro e chegamos ao hotel apenas com mochilas. Onde colocaríamos nossas pequenas malas? 


Não fizemos uso dos serviços de Spa, mas as instalações são um charme. 

O hotel possui uma área externa deliciosa, com uma bela vista.



E a noite, as belezas são realçadas. 



Nas áreas de uso comum há confortáveis sofás, música suave, serviços de bar. Há um restaurante no local, mas não aproveitamos. 







E a vista a partir da área comum? 


O hotel oferece uma programação cultural. Naquela noite um grupo local encenou uma peça teatral. Assistimos apenas parte do espetáculo, uma comédia, mas preferimos ganhar as ruas, dobrar esquinas como costumo dizer. 

O café-da-manhã é servido num amplo salão e é delicioso. Eu, que normalmente tomo apenas um suco, nem almocei naquele dia. 




Se recomendo? Muitíssimo. Custo-beneficio excelente. 

2 comentários

  1. Paula, que dica boa! Devidamente anotada...
    Beijos
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curtimos bastante, mesmo sem experimentar os serviços do Spa. BjO, Ana!

      Excluir

Para o Topo