De vermelho, de luzes e de amor: que assim seja mais um Natal! Ah, e que venha 2014!


Dezembro é um mês singular, diferenciado, é um mês de festas! Quando ele chega meu coração se anima como se ainda fosse criança, é o mês de ser feliz por nada, só porque é Natal. E como se por ele já não bastasse, é o mês que põe fim a um ciclo, que culturalmente encerra um período para que outro que desejamos melhor se inicie. E pessoalmente, a cada virada se inicia um novo ano de Vida, uma nova etapa, que espero sempre menos sofrida, melhor vivida - sim, faço aniversário quando janeiro dá seus primeiros tons! 

E introspectiva como sou, é hora de retrospectivas - que nesse ano resolvi que serão apenas das coisas maravilhosas que vivi, afinal nós é que decidimos o que queremos reviver, não? Pois bem, quero o que de melhor aconteceu. 

E assim, no último post do ano.... 

2013 teve inicio com muito Sol e Mar - o que para mim é sempre inspirador, mas foi um ano de poucas viagens, de procurar alegrias e esperanças nas pequenas coisas, nas pequenas vitórias, no singelo, naquilo que o dinheiro não compra, no que temos que receber. E eu recebi. E entre as viagens que fiz, talvez as mais especiais tenham sido as interiores, aquelas que se jogam em letras e se transformam em versos - e eles voltaram para minha Vida nesse 2013 e alguns estão ali, na aba das "viagens interiores". 

O Mochilinha, que iniciou como um diário virtual de viagens e experiências, foi meu grande aliado nesse ano - me trouxe alegrias, belos encontros, colo, aconchego e muita distração nos momentos mais difíceis (que não foram poucos). Trouxe vida para minha vida, pessoas, risadas, companheirismo. Espero, sinceramente, que também tenha distribuído alegrias, pois na minha Vida tem sido especial.

Sempre que reflito sobre o blog, lembro da frase de Vitor Hugo, tão apropriada para quem trabalha com as letras, como eu:

"As Palavras tem a leveza dos Ventos 
e a força das Tempestades".


Nesse ano que a Vida "mordeu e assoprou", sem parar, o saldo é positivo. Os momentos de angústia foram se desfazendo como neblina ao se aproximar a Primavera, novos amigos foram surgindo, a Vida foi se iluminando e ao chegar dezembro está mais pulsante, clara e cheia de amor. Até o amor parece ter ganho novos tons!! De certa forma me redescobri, redescobri o que sempre foi essencial para mim e voltei a estar mais disponível, para o outro e para a Vida. 

Contabilizei conquistas pessoais e profissionais, novos e queridos amigos, e no Natal abro as portas de minha casa para uma reunião familiar com um "q" de especial -  foi um ano de renascimentos! E a casa voltou a receber cores e está repleta de muitos Papais Noéis - uma paixão desde sempre! 

E num ano de grandes imagens, vou me despedindo desse 2013, já em férias, com o coração cheio de expectativas para meu novo ciclo, para os novos dias de um novo ano que desejo, para mim e para todos, mais pulsante, vivo! 

Que venham muitas viagens, pois a Vida é uma viagem! 

Um 2014 viajante para todos aqueles que dividem seus dias e seus desejos comigo, que seja cheio de sonhos, expectativas e realizações, de muita Vida - com tudo o que estiver reservado para nós, que tenhamos coragem para vivê-lo e compreensão para entendê-lo! 

Muita Luz!

E para aqueles que não receberam o cartãozinho pelos correios, a mensagem escrita por mim é para vocês também:












Um comentário

  1. Bom descanso pro blog e pra blogueira.
    2014 com muita viagem!
    Beijo!

    ResponderExcluir

Para o Topo