PITADAS DO RIO GRANDE: compras em Aceguá, fronteira Brasil/Uruguai

No último final de semana tive que me deslocar para o interior do Estado. Aproveitando a deixa, estiquei um pouco (160Km) e fui a Aceguá fazer umas comprinhas Natalinas.
  
 
Aceguá está situada na fronteira Brasil/Uruguai, na região sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul, há aproximadamente 60Km da cidade de Bagé - importante pólo pecuário do Estado. Para quem parte de Porto Alegre são 428 Km, primeiramente transitando pela BR 290 e após acessando a BR 153 no acesso secundário a cidade de Caçapava do Sul. As estradas se encontram em bom estado de conservação, mas são pedagiadas (em torno de R$ 30,00 ida-e-volta).

O comércio da cidade em nada lembra o de Riveira, na fronteira com Santana do Livramento e objeto de outro post nesse blog. Em Aceguá impera a simplicidade e o local só conta com dois free shops, duas lojas de pneus, uma agropecuária, uma farmácia e duas ou três lojas de conveniências. Não há restaurantes no local, apenas uma lanchonete no lado uruguaio e duas ou três no lado brasileiro. Logo, se a intenção é curtir o final de semana e badalar, vá para Riveira. Mas, se pretende apenas um bate e volta, especialmente para compras relacionadas a bebidas, roupas esportivas, perfumes e pneus, aproveite a proximidade com as cidades da região ou com Porto Alegre. Mas não se assuste ao chegar, porque se trata de um pequeno povoado, sem qualquer estrutura.











O que atrai a maioria dos turistas ao local são a Neutral e o Mauá Free Shop, que se encontram lado-a-lado, na Av. Internacional (a única do local). Em ambas encontramos grande sortimento na área de perfumaria, cosméticos, bebidas e gêneros alimentícios, roupas e equipamentos esportivos. De forma bem mais restrita encontramos algumas roupas de marcas conhecidas, malas, bolsas, brinquedos e objetos de decoração.
 


 
A Neutral possui um maior sortimento, especialmente na área de bebidas e eletrônicos. É a que recebe um maior público, certamente. Nesse final de semana se viam famílias fazendo compras de Natal e muita gente comprando bebidas, especialmente espumantes. A área de perfumaria e cosméticos oferecia uma gama bastante variada de marcas e opções, a preços interessantes - inclusive, com muitos kits em promoção (uma seção apenas com caixas que somavam perfume + loção corporal). A seção de roupas, quer cotidianas como esportivas, estava bastante defasada de opções, mas contava com artigos de qualidade a preços atraentes. Ainda havia uma variada opção em relógios, cristais e gêneros alimentícios (chás, azeites, pimentas, temperos, doces, chocolates, panetones, etc). O setor de bebidas é sem dúvida o maior e mais diversificado, quer quanto ao gênero, quer quanto as marcas e preços - são muitas opções. Me surpreendi com a baixa oferta de condicionadores de ar, que costuma ser vasta. Nem preciso dizer que nossas compras se concentraram na Neutral, não é mesmo? Esse free shop oferece aos seus clientes um cartão fidelidade (sem qualquer custo), que após emitido (na hora do pedido) proporciona ao titular descontos de 5 a 20% sobre o valor da NF, dependendo do valor das compras - usamos e aprovamos.
 




 
O Mauá possui menor variedade de produtos. Entretanto, possui produtos diferenciados, como equipamentos para pesca, camping e roupas infantis, além de uma pequena seção de objetos para casa. É uma pequena loja.
 
Saindo da área dos free shops propriamente ditos, temos duas ou três opções em conveniências, onde se encontram objetos como jarras elétricas e espingardas de pressão, queijos e salames, doce-de-leite, etc.
 
Nas lojas de pneus, há uma boa oferta, mas verificamos que os preços deixaram de ser atrativos em relação aos praticados em Porto Alegre. Nesses locais há também a venda de alguns equipamentos de jardinagem ou agrícolas, que também não eram oferecidos a preços convidativos.
 
Na agropecuária existente no local, os produtos oferecidos são de boa qualidade e os preços são muito atrativos - remédios, arames, etc. Entretanto, verifique a possibilidade de ingressar no Brasil com eles.
 
A Aduana fica a poucos metros do setor de comércio do local (como já disse, é um pequeno povoado). Nesse dia não havia fiscalização e a passagem se encontrava liberada, mas eventualmente além da fiscalização na Aduana há barreiras na BR 153 no trecho Aceguá-Bagé.
 
Como acabei de falar em Compras, título desse post, darei somente uma dica turística. Claro que ninguém se deslocará até lá por ela, mas é para curtir no caminho mesmo. Quando você vai para Aceguá, estará ingressando no Pampa Gaúcho - um bioma espetacular e único. Aproveite para curtir as paisagens ao longo do caminho, os animais (Nesse dia avistamos Emas livres, pastando quase junto a rodovia. Você já viu alguma?), as Rochas existentes na área do município de Caçapava do Sul (onde há pratica de escaladas e voo livre), etc. Após passar o trevo de Bagé, haverá um trecho onde a rodovia serve de corredor entre alguns Haras belíssimos, paisagem de cartão-postal. Pare, respire ar puro, tire algumas fotografias, curta o passeio.

Visite também:
 
 

4 comentários

  1. Respostas
    1. Mais uma opção para quem anda por aquelas bandas!!! O pessoal só pensa em Riveira, pelo charme, mas para comprinhas básicas Aceguá é uma boa opção. Que bom que gostou! Abraços...
      Paula

      Excluir
  2. Muito obrigado pelas dicas. Excelente post.

    ResponderExcluir
  3. Conheci Aceguá e fiquei impressionada com a cidade. Lembrou-me uma cidade de alguns filmes americanos, tipo cowboy. Não tive oportunidade de conversar com ninguém,infelizmente. Não vi mais do que 50 pessoas. Entretanto, para compra foi uma boa opção. Abraços.

    ResponderExcluir

Para o Topo