Cartagena das Índias: do sonho ao sol colombiano!


Queria sol, histórias, muitos caminhos a percorrer, mares a navegar e um tanto de sol, para me dar novas cores e um tanto de alegria. 


Se num ano fiz o roteiro "Pelos Caminhos de Jorge", percorrendo cidades e praias da Bahia por onde Jorge Amado espalhou seus personagens - Ilhéus (Terras do Sem Fim), Mangue Seco (Tieta) e Salvador (Dona Flor e seus Dois Maridos), nesse janeiro resolvi bronzear a pele no forte sol da Colômbia, percorrendo as ruas por onde Gabriel Garcia Marquez costumava andar sem pressa, que tanto o inspiravam, de onde saíram muitos de seus personagens e histórias, como em O Amor nos Tempos de Cólera e Do Amor e outros Demônios. Dediquei meus dias para andar e me perder pelas floridas ruas de Cartagena das Índias



A Cidade Amuralhada era meu desejo e meu destino, embora desejasse muito lagartear ao sol pelas islas colombianas. Cumpri, com louvor, meu projeto. Das ruas ao mar! 


O que contarei nas próximas postagens? 

O quanto andei, o que vi e pelo que me apaixonei pelas ruas de Cartagena das Índias. Os sons e cores de uma terra onde o sol tosta a pele e a brisa quente faz encaracolar os cabelos. 




E quantas cores e quantos sons vi e ouvi por aquelas ruas, o tanto de prazer que tive em fotografar, dia e noite, balcões, ruas e becos tão simpáticos e cheios de atrativos. E as praças? Ah, lindas e iluminadas. 



Curtimos o Réveillon ao som da rumba, pisando nas pedras seculares de uma simpática e preservada cidade, onde os muros parecem nos abraçar e proteger, enquanto nos mimam com lindas e coloridas flores. 


E as areias daquela terra, do negro ao branco, nos mesmos contrastes de sua gente e de sua cultura? Dos farofeiros aos turistas europeus, passando pelos nativos e latino-americanos, todos juntos e misturados. Passamos por seis praias distintas, com perfis muito próprios, que chegarão nesse espaço, uma a uma, podem ter certeza. 



Da muvuca de Playa Blanca a serenidade de Gente de Mar, numa variação de cores espetacular. 



Se me perdi pelas ruas da Cidade Amuralhada, me encontrei nas areias das islas, sob o sol da Colômbia. 



19 comentários

  1. Fui à Bahia com suas histórias e agora vou a Cartagena. Já senti que vou gostar : sol,colorido forte,praias e centro histórico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito gostoso, cheio de atrativos. Dá vontade de retornar!!! BjO!

      Excluir
  2. Já estou amando a introdução!!
    Fotos lindas aqui e em outras redes. Vou ter que tomar o cuidado para não sair correndo e comprar uma passagem!

    #ansiosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, só de ver já tenho vontade de retornar. Tão perto e tão apaixonante! BjO!!

      Excluir
  3. Uauu!! Que fotos lindas. Ahh Gabriel Garcia Marques, lembrei de "Cem anos de solidão"...Vou esperar essa série. Bjs...

    ResponderExcluir
  4. Lindo! Quero ler os próximos capítulos!!!
    Cartagena é mui lindinha!!! Vou revisitá-la contigo! Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda, né querida?!!! Vamos viajar, então... BjO!!

      Excluir
  5. Cartagena é lindinha! Quer ler os teus próximos capitulos!!! Bj

    ResponderExcluir
  6. Que espetáculo de lugar, hein???
    Quantas cores!!!
    Bjs bjo

    ResponderExcluir
  7. Acompanhei a viagem e agora vou acompanhar os posts!!!
    Curiosíssima para conhecer Cartagena!!

    Beijos,
    Fran @ViagensqueSonhamos

    ResponderExcluir
  8. Liiiindas as fotos!!! Ansiosa para ver os seu proximos posts! Adorei acompanhar a tua viagem no IG! Acho que vou gostar de conhecer a Colombia (apesar de estar com um certo medinho)!!

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Vou a Cartagena no réveillon desse ano 2016/2017. O que você indica pra noite de réveillon? Tem algum local com mesas nas ruas, é que vamos em 8 pessoas da família. Alguns preferirão ficar sentados outros vão querer um lugar animado para se divertir. Vc sabe dizer algum ligar que tenha as duas opções?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não escrevi sobre nossa noite de réveillon por lá mas sim, tem "só" mesas por todas as ruas. Cartagena é uma cidade litorânea, de veraneio para os colombianos e, então, é invadida por locais e por turistas. As ruas ficam absolutamente tomadas por mesas, quase não há como caminhar. Além das mesas montadas junto a orla, as pessoas que tomam conta da muralha e de todos os cantos. Por outro lado, na tarde do dia 31 todos os restaurantes onde perguntamos ainda possuíam mesas disponíveis. Você pode reservar e fazer o pagamento, o que garante seu espaço ou, como fizemos, arriscar e ficar onde sobrou. Pegamos uma mesa numa rua e foi bem divertido, pois nos atrasamos e ficamos com medo de não chegarmos ao nosso destino, que era a praça onde tem o Bar KGB. Os preços variam de 180 a 1.000, dependendo do que oferecem. Em regra, gira em torno dos 250. Confesso que pagamos por um jantar completo, com entrada, prato principal e sobremesa, além de uma taça de espumante, mas que eram tão pouco saborosos (para não dizer esquisitos) que praticamente não tivemos ceia. Recomendação? Se não estiver hospedado na cidade antiga, saia muito cedo, tipo 19h, no máximo. Abraços!

      Excluir

Para o Topo